Quatro suspeitos morrem após troca de tiros com a polícia no RS

Policiais suspeitaram que grupo iria atacar um banco; um adolescente foi apreendido na ação

Cinco armas foram apreendidas com os suspeitos, segundo a polícia — Foto: Zete Padilha/ RBS TV

Informações da Gaúcha Zero Hora

Uma perseguição terminou com a morte de quatro suspeitos, por volta da 0h desta quarta-feira (5), em Arroio dos Ratos, na Região Carbonífera. As informações iniciais são de que a ocorrência começou em vias internas da cidade e terminou na BR-290.

Os quatro baleados – que tinham 15, 16, 19 e 20 anos – chegaram a ser levados para o hospital, mas não resistiram. Segundo a Polícia Civil de Charqueadas, um adolescente de 17 anos também foi atingido na ação, encaminhado para atendimento hospitalar e está apreendido. Pistola, revólver e munição foram apreendidos.

A Brigada Militar (BM) suspeitou que o grupo, que estava em um Siena, iria atacar uma agência bancária. Conforme a BM, os ocupantes do veículo começaram a disparar contra a polícia, que revidou.

Há a informação de que outros suspeitos tenham fugido em um segundo carro.

Ataque em Ibiraiaras

Na segunda-feira (3), seis assaltantes que roubaram duas agências bancárias em Ibiraiaras, no norte do Estado, foram mortos durante o cerco policial. Outros dois homens que participaram do ataque às agências foram presos na madrugada desta quarta-feira.

Um refém foi morto durante a fuga dos criminosos. Gerente adjunto do Banco do Brasil de Ibiraiaras, Rodrigo Mocelin da Silva, 37 anos, chegou a ser encaminhado para o Hospital São José, mas morreu durante atendimento médico.