PF deflagra, em Chapecó, operação de combate a fraudes em compras de passagens aéreas para órgãos públicos - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

PF deflagra, em Chapecó, operação de combate a fraudes em compras de passagens aéreas para órgãos públicos

.

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (17) a Operação Mark Up, com o objetivo de apurar fraudes no agenciamento de passagens aéreas para órgãos públicos federais.

Conforme a Polícia Federal, foram realizados  sete mandados de busca e apreensão em empresas de agenciamento de passagens aéreas e residências de seus dirigentes em Chapecó (SC).

Conforme nota da PF a operação teve início em um trabalho da  Controladoria Regional da União em Cuiabá/MT, em decorrência de fiscalização que verificou o superfaturamento no agenciamento de passagens ao Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

Durante a investigação,  foi verificado que a fraude também era praticada em outros órgãos federais e chegaria ao prejuízo de R$ 8 milhões.

A partir da deflagração da operação em Santa Catarina, sede das empresas investigadas, será possível determinar quais outros estados da federação foram atingidos pela fraude.

Por ordem do Juízo da 7ª Vara Criminal de Cuiabá (MT), além dos mandados de busca e apreensão, foram determinados bloqueios de valores em contas bancárias e restrições em imóveis e veículos registrados em nome das empresas investigadas e seus representantes.