Pai se entrega à polícia após agredir bebê de seis meses em Porto Belo (SC)

De acordo com o suspeito não foi a primeira vez que ele bateu na criança

Um homem de 21 anos foi preso suspeito de agredir a filha de seis meses no bairro Perequê, em Porto Belo, no Litoral Norte catarinense. Os policiais se deslocaram ao local no sábado (27) após o próprio agressor ligar para o número de emergência e falar que teria batido na filha.


(Foto: Reprodução/ NSC TV)


Segundo a polícia, ele disse que se arrependeu das agressões e por isso fez a denúncia. Ele também afirmou à polícia, que não foi a primeira vez que bateu na menina, pois ela não parava de chorar.

Ainda de acordo com a polícia, o pai estava sozinho com a criança em casa e a mãe de 42 anos estava trabalhando.

A menina tinha marcas de tapas na barriga e na perna da criança. Ela foi encaminhada ao pronto atendimento e o Conselho Tutelar também foi acionado.

A Polícia Civil indiciou o homem por lesão corporal com o agravante de ter sido cometido contra a própria filha. Ele foi encaminhado para o Presídio de Tijucas.

 

Informações G1.