Homem é preso em blitz com CNH falsa, em Chapecó

Ele contou que pagou R$ 2.500

Foto: PM


Na tarde desta quinta-feira (28), a Polícia Militar (PM) realizou uma blitz na Avenida São Pedro, em frente ao Loteamento Jardins Lunardi, em Chapecó. A Guarnição de Operações Preventivas do 2ºBPM/Fron abordou  aproximadamente 240 veículos, sendo lavrados 84 autos de infração, recolhidos cinco CRLV’s e duas CNHs. Foram removidos 20 veículos ao pátio de apreensões, por irregularidades administrativas diversas, sendo 12 automóveis e oito motocicletas.

Durante a operação um homem de 57 anos foi preso por apresentar uma CNH falsa ao ser abordado. O fato ocorreu por volta das 15h30min e iniciou quando foi abordado para fiscalização um veículo Fiat/Palio de cor vermelha, placas de Chapecó, onde o condutor ao ter os documentos solicitados para fiscalização, ele ficou inquieto, nervoso e demoradamente apresentou os documentos.

Ao examinar a CNH os policiais militares perceberam que dois campos possuíam dados suspeitos: o campo de emissão do RG constava a sigla “SESP SC”, porém o Estado de Santa Catarina informava normalmente o dado como “SSP/SC” e agora como “IGP/SC”; ainda o nome do diretor do Detran Paraná tem assinatura diferente da do documento.

Com a desconfiança foi consultado o site Detran do Paraná, onde constatou-se que o registro da CNH apresentada pelo condutor estava associado a outro CPF e não ao dele, momento em que o homem acabou confessando ter comprado o documento, pois não conseguia tirá-lo legalmente pela dificuldade em ser aprovado nos exames. Teria pagado o valor de R$2.500.

Diante dos fatos, por infringir o Art. 304 do CP, com pena de reclusão, de dois a seis anos, e multa, foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia para os procedimentos cabíveis.

Foto: PM