Em cinco dias, bombeiros capturam três jararacas no Oeste

Bombeiros capturaram uma serpente da mesma espécie em uma residência no Centro de São Carlos

Arte/ClicRDC

Pelo menos três serpentes foram capturadas pelo Corpo de Bombeiros Militar na região Oeste nos últimos cinco dias. A primeira, de um metro, foi localizada no Loteamento Morada do Vale, próximo ao bairro Esplanada em Chapecó (SC), na segunda-feira (3).

Também na segunda-feira, os bombeiros capturaram uma jararaca dentro de uma residência no bairro Jardim Itália, em Maravilha (SC).

E a terceira ocorreu por volta das 10h50 desta quinta-feira (6), na rua José Werlang, no Centro de São Carlos (SC). A serpente, de aproximadamente 40 centímetros, também estava dentro do imóvel.

Todas as jararacas capturadas, foram levadas até áreas de mata e devolvidas ao seu habitat natural.

Orientação

Durante a captura da víbora em Chapecó, o cabo Gheller, dos bombeiros. orientou que, ao se deparar com uma situação semelhante, entre em contato com o 193 (Bombeiros) para que seja feita remoção com os devidos cuidados. “A serpente não vai oferecer perigo se ninguém for tocar e mexer nela. A partir do momento que identifique ela, que se mantenha distancia e não passe próximo”, orientou Gheller

Jararaca

A jararaca é uma serpente venenosa que pertence à família Viperidae e pode ser encontrada no Brasil, principalmente nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro Espírito Santo e Bahia.

Elas podem ser localizadas em  ambientes de Mata Atlântica, Cerrado e áreas antrópicas, mais comum em áreas rurais perto de plantações, mas também podem aparecer em regiões periurbanas.