Atirador mata cinco pessoas em Orlando nos EUA

Homem de 45 anos estava inconformado por ter sido demitido. 

Tiroteio em Orlando, Estados Unidos (Twitter/Reprodução)


De acordo com a Polícia local da cidade, na manhã desta segunda-feira (5) um homem matou cinco pessoas na sede de uma empresa em Orlando, na Flórida. O atirador cometeu suicídio após o ataque. O homem de 45 anos de idade havia sido demitido da companhia em abril e invadiu a sede com uma arma e uma faca para atirar  nos antigos colegas de trabalho.

A possibilidade de ataque terrorista não foi considerada, já que o homem era um ex-funcionário do local. Quatro vítimas, uma mulher e três homens, morreram na cena do crime. Uma quinta pessoa foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e também faleceu, de acordo com a polícia. A situação no local está controlada.

Homenagem nos próximos dias

A cidade de Orlando se prepara para lembrar na próxima segunda-feira as 49 pessoas que morreram em 12 de junho de 2016 na boate Pulse durante o ataque de Omar Mateen, um guarda de segurança de origem afegã que disse ser seguidor do Estado Islâmico, no maior massacre com arma de fogo na história recente dos EUA.