STF decide manter prisão de irmã de Aécio Neves - ClicRDC | Notícias de Chapecó e região

STF decide manter prisão de irmã de Aécio Neves

Para a Polícia Federal  está bem claro que Andrea Neves pediu dinheiro para os irmãos, donos da JBS. 

Crédito: G1.com


Na tarde desta terça-feira (13) a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu  manter a prisão preventiva de Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). Ela foi presa no mês de maio após as delações da JBS  provarem que ela tinha ligação com os esquemas de propina, juntamente com o irmão, Aécio Neves.  Por 3 votos a 2, o colegiado rejeitou o pedido de liberdade, por entender que ela ainda apresenta risco de cometimento de novos crimes. 

Relembre: 

Em fevereiro, ela pediu ao empresário Joesley Batista R$ 2 milhões, dinheiro que foi repassado depois em malas de dinheiro a um primo de Aécio. A defesa diz que ela pediu o dinheiro para bancar a defesa de Aécio Neves na Lava Jato e que foi ao encontro de Joesley para tentar vender um apartamento de R$ 40 milhões no Rio de Janeiro.