Sessão da "Reforma Trabalhista" é cancelada após confusão no Senado - ClicRDC | Notícias de Chapecó e região

Sessão da “Reforma Trabalhista” é cancelada após confusão no Senado

A oposição diz que a ordem partiu do presidente da Casa.

Crédito: Reprodução TV Senado


Na tarde desta terça-feira (11) o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), suspendeu a sessão aberta para analisar a reforma trabalhista após senadoras da oposição ocuparem a mesa do plenário, onde fica a cadeira do senador, e se recusarem a deixar o local. As senadoras oposicionistas que ocuparam os lugares na mesa são: Gleisi Hoffmann (PT-PR), Lídice da Mata (PSB-BA), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Fátima Bezerra (PT-RN) e Regina Sousa (PT-PI).

Após a suspensão da sessão, as luzes no plenário foram parcialmente apagadas. Nessa hora, o painel eletrônico marcava a presença de 49 dos 81 senadores no plenário. Questionado sobre a situação, o presidente do Senado, Eunício não disse de quem partiu a ordem para desligar as luzes. A oposição diz que a ordem partiu do presidente da Casa.

Após a confusão, o Senado aumentou as restrições de acesso ao prédio. A polícia legislativa passou a autorizar a entrada de apenas uma pessoa por gabinete de parlamentar, desde que o visitante indique para qual gabinete está indo. Líderes do Senado se reuniram para tentar retomar a votação ainda na tarde desta terça-feira (11).