Renan Calheiros anuncia que deixa a liderança do PMDB no Senado - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Renan Calheiros anuncia que deixa a liderança do PMDB no Senado

O Senador afirmou que não tem “vocação para ser marionete” do governo do atual presidente. 

Crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado

 


Durante um discurso no plenário, no fim da tarde desta quarta-feira (28) o Senador Renan Calheiros (AL) anuncio que decidiu deixar a liderança do PMDB no Senado. Ex-presidente do Congresso Nacional, Renan passou a ocupar a função no início deste ano e, desde então, vinha adotando postura contrária ao governo do presidente Michel Temer, criticando, principalmente, as reformas da Previdência Social e trabalhista.

No discurso que durou pouco mais de 15 minutos, o Senador afirmou que não tem “vocação para marionete”, e  que o governo do presidente Michel Temer não tem credibilidade para conduzir as reformas propostas ao Congresso Nacional. Calheiros, disse ainda, que se permanecesse na função, isso significaria que ele havia decidido ceder às exigências de um governo que trata o PMDB como um “departamento” do Poder Executivo.

Nos corredores de Brasília circulam as informações de que o líder do governo na Casa, Romero Jucá (PMDB-RR), articula para o senador Garibaldi Alves (RN) assumir o posto. Garibaldi, porém, nega interesse na vaga e defende que Raimundo Lira (PB) substitua Renan.