Lula é condenado na Lava Jato no caso do triplex - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Lula é condenado na Lava Jato no caso do triplex

A sentença foi publicada no início da tarde.

Crédito: Douglas Magno/AFP


Na tarde desta quarta-feira (12) o juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em uma ação penal que envolve o caso da compra e reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo. Ele foi condenado a nove anos e seis meses de prisão. 

Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela acusação de ter sido beneficiado com o apartamento. Na mesma sentença, Moro absolveu o ex-presidente  pelas “imputações de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o armazenamento do acervo presidencial por falta de prova suficiente da materialidade” 

Para determinar a pena de nove anos, Moro considerou que Lula agiu com “culpabilidade extremada” uma vez que os crimes teriam ocorrido em razão de sua posição como Presidente da República.

A sentença foi publicada no inicio da tarde e cabe recurso. É a primeira vez que um ex-presidente da República é condenado por corrupção no Brasil. 

Se não for absolvido pelo tribunal, o ex-presidente ficará inelegível pela Lei da Ficha Limpa, que aponta que todo condenado por um colegiado está impedido de se candidatar.

Porém, mesmo condenado, o ex-presidente poderia concorrer se pedir uma liminar contra a decisão do TRF até o julgamento de recursos no STJ (Superior Tribunal de Justiça) ou STF (Supremo Tribunal Federal).

Em breve mais informações.