Eleições 2018: Saiba quem são os deputados federais eleitos por SC - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Eleições 2018: Saiba quem são os deputados federais eleitos por SC

68,75% da bancada catarinense na Câmara dos Deputados foi renovada

A bancada de Santa Catarina na Câmara dos Deputados foi renovada em 68,75% neste domingo de eleições 2018. Onze rostos vão renovar as 16 cadeiras da representatividade catarinense em Brasília. São seis novos parlamentares a mais do que no último pleito, em 2014, quando apenas cinco nomes diferentes surgiram.
E muito dessas caras novas vêm da onda Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência, cuja sigla elegeu quatro deputados federais em Santa Catarina, tornando o partido antes pequeno na maior bancada catarinense na Câmara Federal. Os eleitos pelos PSL no Estado foram Daniel Freitas, Caroline de Toni, Fábio Schiochet e Coronel Armando. A segunda maior bancada é a do MDB, com três deputados eleitos: Carlos Chiodini, Celso Maldaner e Peninha. Em terceiro ficou o PSD, que elegeu Darci de Matos e Ricardo Guidi.
O PT catarinense diminuiu sua bancada na Câmara e na próxima legislatura terá apenas um parlamentar em Brasília: Pedro Uczai, que se reelegeu. O PSDB manteve apenas uma cadeira em Brasília, com a reeleição de Geovânia de Sá. As outras siglas com apenas um parlamentar são o PSB de Rodrigo Coelho, o PPS de Carmen Zanotto e o Novo, de Gilson Marques.

Deputados federais em SC
Hélio Costa PRB 179.307 votos 5,06%
Daniel Freitas PSL 142.569 votos 4,02%
Professor Pedro Uczai PT 114.743 votos 3,24%
Caroline de Toni PSL 109.363 votos 3,08%
Geovânia de Sá PSDB 101.937 votos 2,87%
Carlos Chiodini MDB 97.613 votos 2,75%
Fabio Schiochet PSL 87.345 votos 2,46%
Angela Amin PP 86.189 votos 2,43%
Carmen Zanotto PPS 84.692 2,39%
Celso Maldaner MDB 80.086 votos 2,26%
Peninha MDB 76.925 votos 2,17%
Darci de Matos PSD 68.130 votos 1,92%
Ricardo Guidi PSD 61.830 1,74%
Coronel Armando PSL 60.069 votos 1,69%
Rodrigo Coelho PSB 43.314 votos 1,22%
Gilson Marques Novo 27.443 0,77%

 

*Com informações Diário Catarinense

Comentários do Facebook