Comandante Moisés diz que colocará aviões do governo de SC a venda

Avaliadas em R$ 2 milhões, manutenção das aeronaves custou R$ 14 milhões em quatro anos

Informações ND Online

O governador eleito Carlos Moisés (PSL) anunciou pelo facebook, na noite desta terça-feira (4) que não irá utilizar os dois aviões oficiais do governo de Santa Catarina.


(Foto: Redes Sociais)


Cessna Citation II e o Embraer Carajá, avaliados em mais de R$ 2 milhões, serão colocados à venda no início de 2019. Nos últimos quatro anos, os gastos com manutenção foram de cerca de R$ 14 milhões.

Para Moisés, não é coerente a manutenção de toda uma estrutura aérea para subsidiar deslocamentos esporádicos exigidos pelo exercício da função, motivo pelo qual, fará os deslocamentos necessários utilizando prioritariamente voos comerciais.