Mãe diz que professora “destruiu o espírito” de natal dos alunos

Além de contar que o Papai Noel não existe, segundo a mãe, a professora falou a verdade sobre o Coelhinho da Páscoa e a Fada do Dente

Lisa Simek desabafou em seu Facebook dizendo que está “fazendo controle de danos” desde que uma professora da filha, de 6 anos, contou à menina que Papai Noel não existe. A mãe afirmou que, ao revelar a verdade, a professora tentou “destruir o espírito” da filha e de outras 22 crianças da sala de aula em um colégio de Montville, na Austrália.

A mãe relatou que a professora perguntou aos alunos qual feriado se aproximava e que, quando eles mencionaram o Natal, ela disse que o Papai Noel não era real e os presentes eram colocados pelos pais embaixo das árvores. Lisa se queixou que, além disso, a educadora também falou a verdade sobre coelho da páscoa e fada do dente. “Ela disse para eles que magia não existe. (…) Estou rezando por um milagre natalino para fazer essas crianças acreditarem pelo maior tempo possível”, escreveu.

Depois que o relato repercutiu nas redes sociais, alunos de jornalismo se ofereceram para escrever cartas fantasiosas com remetentes do Polo Norte, para amenizar a frustração das crianças. Lisa também pediu para que as pessoas parassem de fazer comentários negativos sobre a professora, porque ninguém sabe o que fez ela agir dessa maneira.

De acordo com Cecília Azevedo Lima Collares, professora de psicologia educacional da Unicamp, professores só devem revelar a verdade caso a questão apareça naturalmente, coletivamente, na sala de aula. “O educador não deve impor isso”, explicou.