Atirador invade bar na Califórnia; 11 ficam feridos

Há relatos de que 30 tiros foram disparados no bar onde acontecem shows de música ao vivo. Entre os feridos está um delegado mobilizado para atender a ocorrência.

Um atirador invadiu um bar na cidade de Thousand Oaks, no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, na noite de quarta-feira (7). Onze pessoas ficaram feridas, entre elas, um delegado acionado para atender a ocorrência. O suspeito está morto.

Cerca de 100 pessoas estariam no bar onde acontecia um show de música country quando um homem chegou atirando por volta das 23h30 de quarta-feira (5h30 desta quinta-feira, no horário de Brasília). Há relatos de que pelo menos 30 tiros foram disparados no local.

Cenas de pânico foram relatadas por quem estava no Borderline Bar & Grill, durante a festa “College Country Night”, que reúne estudantes universitários. As pessoas tentaram fugir pelas janelas e se esconder no banheiros.

Carros da polícia e várias ambulâncias foram mobilizados. Ainda não se sabe o estado de saúde das vítimas. O xerife Eric Buschow disse que o corpo do atirador está dentro do bar, segundo a Associated Press. Não há riscos para a vizinhança.

Um homem que estava na frente do estabelecimento com pelo menos 15 amigos contou que o atirador entrou no bar e começou a fazer os disparos na direção do teto. O suspeito chegou a gritar alguma coisa, mas a testemunha não conseguiu ouvir o que ele disse.

 

O Borderline Bar & Grill organiza shows de música ao vivo. Às quartas-feiras, acontece a festa “College Country Night”, que reúne estudantes universitários.

Thousand Oaks é um subúrbio nobre e tranquilo, que fica a cerca de 40 km a oeste de Los Angeles.