Matheus e Kauan agitam o público na 7ª noite de Efapi

Mesmo debaixo de chuva, um grande público compareceu.

Dupla se apresentou com a camisa da Chapecoense. (Karina Echer/ClicRDC)

 

Era próximo da meia noite quando os sertanejos Matheus e Kauan subiram ao palco da Concha acústica da Efapi, debaixo de chuva. A condição climática se manteve durante boa parte da apresentação da dupla, que vestiu a camiseta da Chapecoense do começo ao fim da apresentação. . 

Simpáticos, Matheus e Kauan  interagiram com o público e entoaram seus maiores hits por pouco mais de uma hora. Esta foi a primeira vez da dupla em Chapecó. 

A história da música na vida da dupla Matheus e Kauan começou oficialmente em 2011, quando foram apresentados no palco principal do festival caldas country tocando músicas autorais e o tema da festa composto pela dupla especialmente para o evento.

Mas os irmãos nascidos na cidade de Itapuranga, interior de Goiás, conheceram o gosto de cantar muito cedo. Kauan o primogênito da família, com apenas cinco anos, chamava a atenção e emocionava a todos na igreja que frequentava, quando cantava junto com seu pai a canção “soldado ferido”.

Com esse dom para cantar sua mãe – Sirlene Aleixo- decidiu levá-lo para participar de festivais de música na cidade e na região. Passavam os anos, e o resultado dos festivais sempre era o primeiro lugar para orgulho da família.   Matheus era apenas um bebe de três anos, mas já observava o irmão cantando em casa o tempo todo.

Nessa época o pai da dupla veio a falecer, abalando a estrutura familiar, mas os unindo ainda mais para o sonho da música prevalecer. Foi quando a mãe decidiu juntar suas economias para o filho Kauan na época com 10 anos, gravar um cd com quatro faixas só de músicas sertanejas.

Kauan conta que até os 15 anos já havia gravado dois discos solo, mas queria ter uma dupla sertaneja. Tentou algumas parcerias que acabaram não dando certo, foi a partir daí que decidiu aos 18 anos mudar-se para os estados unidos, onde morou por um ano. Lá também surgiu a oportunidade de formar mais uma dupla em sua carreira, mas a saudades dos irmãos e da mãe o fez voltar, foi quando ao chegar no brasil deparou-se com seu irmão de 13 anos, Matheus, cantando e compondo belíssimas canções.

A partir desse momento Kauan começa a perceber o que era obvio e que sempre foi alertado pelo tio Vicente Aleixo: “a dupla está dentro de casa”.  Porém com a pouca idade de Matheus,  a realização do sonho só aconteceu dois anos depois.  Em 2010 a dupla Matheus e Kauan estava oficialmente formada com o apoio familiar gerado pelo elo de amor e a união, entre  dois irmãos com a mesma vontade de cantar e encantar superando as dificuldades da vida e decidiram que seguiriam a carreira juntos.

Para colocar o projeto em pratica a mãe vendeu o carro e a dupla grava seu primeiro CD de apresentação que acabou rendendo a eles a contratação pelo escritório Audiomix .