Efapi recebeu mais de 423 mil visitantes nos dez dias de feira

A expectativa da organização era de que 400 mil pessoas visitassem a feira.

Público lotou a Arena de Shows no último dia de feira. (Luciano Buligon/Divulgação)

 

Na manhã desta terça-feira (17), o presidente da Comissão Central Organizadora (CCO) da Efapi, o coordenador geral da feira e o prefeito municipal, concederam uma entrevista coletiva onde avaliaram os dez dias de expo-feira.  

Na ocasião, foram divulgados os números oficiais do último dia de Efapi, que reuniu o maior público dentre todos os dias de feira. 93 mil pessoas passaram pelo Parque de Exposições Tancredo Neves no domingo (15). O público total da Efapi 50 anos foi de 423.500 visitantes. De acordo com a organização, o total em negócios fechados foi de R$ 152 milhões. 

De acordo com o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, a Efapi conclui de forma brilhate as festividades do centenário de Chapecó. Ele destacou que a expo-feira é promovida pela prefeitura mas efetivamente realizada por mais de 100 voluntários das comissões. 

O coordenador geral da Efapi, Márcio Sander, apontou que esta edição da feira trouxe grandes avanços permanentes na estrutura do Parque de Exposições Tancredo Neves que, segundo ele, está adaptado às mais modernas normas de segurança. Ele destacou ainda a presença das famílias no parque. “Todos aqueles espaços de convivência que foram criados dentro do parque possibilitaram momentos de harmonia para as famílias”. 

Josias Mascarelo, presidente da Comissão Central Organizadora enfatizou que todas as esxpectativas foram superadas. “Foram seis meses de um trabalho intenso e um grande desafio, mas tudo o que nós planejamos foi atingido”, comentou. 

Veja a entrevista na íntegra:

 

Público recorde

Um dos motivadores do grande público registrado no domingo foi o Dj Alok. Com renome internacional, ele era uma das atrações mais esperadas da Efapi 2017.  

Longas filas de carros se formaram desde a Avenida São Pedro, já no final da tarde do domingo.  Da mesma forma, ocorreu nas bilheterias, e catracas de entrada, onde muitas pessoas levaram mais de uma hora para ter acesso ao parque. Antes de Alok, Jorge e Mateus subiram ao palco da concha acústica. 

 

Leia também:

Para fugir da chuva, próxima Efapi pode ser realizada em outra época do ano