Wellington Paulista: “o que falta é acreditar. Não adianta ficar cabisbaixo” – ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Wellington Paulista: “o que falta é acreditar. Não adianta ficar cabisbaixo”

Chape precisa de duas vitórias em três jogos para garantir a permanência na Série A

WP9 é o artilheiro da Chape na temporada (Sirli Freitas)


A conta é simples e foi confirmada por Claudinei Oliveira após a derrota para o Grêmio: a Chape precisa de duas vitórias nos últimos três jogos para garantir a permanência na Série A do Brasileirão. Por isso, o confronto diante do Sport Recife, às 21h desta quinta-feira, na Arena Condá, é fundamental para o futuro do Verdão na elite do futebol brasileiro. Para Wellington Paulista, um dos principais jogadores do elenco verde e branco, o que falta para a Chape é acreditar que é possível vencer os dois jogos.

“Falta acreditar, do mesmo jeito que nós acreditamos contra o Santos, em São Paulo. Sabemos da qualidade que temos. Mas não adianta um ou outro começar a falar e vem um outro cabisbaixo. Então, quinta-feira é vitória ou vitória. Não tem empate. Não tem nem o que falar. Temos que ganhar o jogo para podermos sonhar com a permanência na 1ª divisão. A gente sabe o que representa pra gente a Chape na elite”, afirmou WP9, em entrevista às Rádios Oeste Capital e Super Condá.

Leia mais: Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Bruno Pacheco não enfrenta o Sport

A sequência de jogos na reta final, além do Sport, conta com o Corinthians, fora de casa, no próximo domingo (25), às 19h. E o São Paulo, na última rodada, em Chapecó. O jogo final está marcado para as 17h de domingo, dia 02 de dezembro. De acordo com os matemáticos da UFMG, é necessário atingir 43 pontos para o risco de queda cair para apenas 4%. Com 42, as chances de rebaixamento sobem para 24%.

Contra o Grêmio, Chape perdeu o seu 12º jogo fora de casa no Brasileirão (Lucas Uebel/Grêmio)


“Acho que nesses dois últimos jogos (Botafogo e Grêmio) a parte física acabou fazendo a diferença, principalmente pelo que corremos contra o Santos e pelo sol que teve às 5 horas da tarde contra o Botafogo. A gente sabia que tinha que marcar bem o Grêmio. Faltou discernimento para o nosso time, para tentarmos um gol no contra-ataque. Agora é vencer, o mais importante contra o Sport são os três pontos”, disse o centroavante.

Leia mais: Último suspiro: decisão contra o Sport terá ingressos a R$ 10,00

O time da Chape se apresenta hoje no CT, às 15h30, para o segundo treino da semana. O desfalque no jogo de quinta-feira será Bruno Pacheco, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Alan Ruschel e Roberto disputam a vaga na posição. A atividade principal da semana, que deve definir o time titular, acontecerá na quarta-feira (22), na Arena Condá. O treino deverá ser fechado para a imprensa e para a torcida.

*Informações do repórter Mateus Montemezzo.  

Comentários do Facebook