Sem vencer há quatro jogos, Chape quer retomar a confiança diante do Fluminense

Equipes se enfrentam hoje, às 20h, no Estádio Giulite Coutinho, pela 11ª rodada da Série A

Chapecoense e Fluminense travam um duelo cercado por um tabu: desde 2014, primeiro ano em que as duas equipes se enfrentaram no Brasileirão, o Verdão jamais perdeu para o Tricolor Carioca. Até aqui foram seis jogos disputados, cinco vitórias para o time catarinense e um empate. Nas partidas marcadas para o Rio de Janeiro, o retrospecto do time catarinense é ainda melhor. Em três jogos, são três vitórias e nove gols marcados. O último triunfo da Chape foi justamente no Estágio Giulite Coutinho, em Mesquita. No dia 15 de setembro do ano passado, Dener e Lourency anotaram os gols da vitória verde e branca por 2 a 1, válida pela 25ª rodada da Série A. Hoje à noite, a partir das 20h, as duas equipes escrevem mais um capítulo na história do confronto entre catarinenses e cariocas. 

Leia mais: Chape divulga lista de relacionados para confronto contra o Fluminense

A Chapecoense, de Vagner Mancini

Após a derrota por 1 a 0 diante do Defensa y Justicia pela Copa Sul-Americana, o Verdão busca retomar o caminho das vitórias no Brasileirão. O principal desfalque é o lateral-direito Apodi, que tomou o terceiro cartão amarelo contra o Atlético-MG e cumpre suspensão automática. Em seu lugar, Diego Renan, que há dois meses aguarda uma nova chance como titular, assume a posição. Quem também não viajou com a delegação foi o meia Nenén. Com dores na coxa, o veterano foi barrado pelo departamento médico. O zagueiro Victor Ramos e o volante Moisés Ribeiro já trabalham com bola, mas devem voltar a ser opção para Mancini somente contra o Atlético-PR. 

O Fluminense, de Abel Braga

Depois do empate com o São Paulo, fora de casa, o Flu tenta a vitória para voltar ao G-6. No momento é o oitavo colocado, com 15 pontos. A principal dúvida de Abel Braga é a presença do centroavante Henrique Dourado, que sentiu dores na virilha esquerda na vitória sobre a Universidad Católica de Quito, do Equador, em jogo pela Sul-Americana. O “Ceifador” é o artilheiro do Brasileirão com nove gols marcados. Na temporada, anotou 22 gols em 33 jogos. Caso Henrique Dourado não atue, Abel deverá escalar o centroavante Pedro, de 20 anos, formado na base do Fluminense. 

Serviço de jogo: Fluminense x Chapecoense

Competição: 11ª rodada do Brasileirão Série A.

Quando: Segunda-feira, 03 de julho.

Horário: 20h (de Brasília).

Local: Estádio Giulite Coutinho, Mesquita, Rio de Janeiro. 

Chapecoense: Jandrei; Diego Renan, Douglas Grolli (Luiz Otávio), Fabrício Bruno e Reinaldo; Andrei Girotto, Lucas Mineiro, Lucas Marques (Luiz Antônio ou Seijas); Rossi, Wellington Paulista e Arthur Caíke.

Fluminense: Júlio César; Lucas, Henrique, Reginaldo, Léo; Orejuela, Wendel, Gustavo Scarpa, Calazans; Richarlison e Pedro (Henrique Dourado). 

Arbitragem: O árbitro principal é Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (CBF-GO), auxiliado por Fabrício Vilarinho (CBF-GO) da Silva e Cristhian Passos Sorence (CBF-GO).

Transmissão: A Rádio Oeste Capital 93,3 FM estará no ar a partir das 17h50 com informações do confronto. Já o Portal Clic RDC acompanha os principais lances através da Fan Page no Facebook.

Bruno Silva e Tiago Luis comemoram gol da Chape diante do Fluminense em 2014. Jogo épico terminou 4 a 1 para o Verdão (Getty Images)