Rossi é dúvida para enfrentar o Flamengo

Atacante sentiu um desconforto na coxa direita e não participou do treino com o restante do elenco na manhã de hoje

A Chapecoense pode ter um desfalque importante para encarar o Flamengo, na próxima quinta-feira (22), às 21h, no Rio de Janeiro. Trata-se do atacante Rossi, que sentiu um desconforto na coxa direita, ainda na semana passada, e está em tratamento no departamento médico. O atleta de 24 anos não participou da partida contra o Botafogo, no último domingo (18), por ter levado o terceiro cartão amarelo contra o Vasco da Gama. Por isso, teve que cumprir suspensão automática. 

A situação de Rossi é delicada. “É difícil falar se ele joga quinta. Ele tem uma lesão pequena, mas é uma lesão. Tem pouco tempo (de recuperação) e precisa melhorar a dor. Então vai depender da evolução clínica em relação a dor”, afirmou o médico Carlos Mendonça. Mesmo que se recupere da lesão até quarta-feira (21), quando a  delegação da Chape deverá embarcam para o Rio de Janeiro, o atacante teria que estar em condições físicas ideais para entrar em campo, o que dificilmente aconteceria.

Rossi é líder de assistências até aqui na temporada, juntamente com Reinaldo: cada um serviu oito vezes os seus companheiros em jogadas que acabaram em gols do Verdão. O substituto natural na posição seria Osman, que sofreu um entorse no joelho esquerdo no jogo de domingo (18) e irá passar por uma ressonância nesta segunda-feira. Osman está vetado da viagem para o Rio de Janeiro. 

O grupo reserva voltou a treinar hoje pela manhã no CT da Água Amarela. Já os titulares fizeram uma atividade regenerativa. O próximo treino está marcado para amanhã (20), a partir das 15h30, no CT.

Vagner Mancini conversa com Luiz Antônio, enquanto reservas realizam treinamento com bola (Mateus Montemezzo)