Quadro do Conselho Deliberativo da Chape é renovado

Quarenta sócios-torcedores foram integrados ao Conselho após união de duas chapas.

Gilson Vivian conversa com os conselheiros durante processo eleitoral (Sirli Freitas)


A Chape, na noite da última segunda-feira (08), viveu um momento inédito e marcante nos seus 45 anos de história. Cumprindo o que está previsto em estatuto, o Conselho Deliberativo do clube promoveu assembléia ordinária a fim homologar os 40 novos conselheiros titulares, que se juntarão aos 160 já existentes, e os oito novos conselheiros suplentes, que se juntarão aos 32 já existentes.

Inicialmente, duas chapas haviam sido inscritas (uma de oposição e a outra de situação), mas ambas foram impugnadas pela comissão eleitoral por apresentarem inconformidades com o estatuto. Após o ocorrido, as duas chapas se reuniram com o presidente do Conselho Deliberativo, Gilson Vivian, e iniciaram tratativas que resultaram na formação de uma chapa única.

Deste modo, a escolha foi feita através de aclamação por parte dos presentes. Participaram do pleito sócios pessoa física, maiores de 18 anos, em gozo dos seus direitos sociais e em dia com as suas mensalidades. Durante a assembleia, o Presidente Gilson Vivian ressaltou a importância da harmonia de todos – independente do posicionamento durante as eleições – em prol da Chapecoense.

*Informações do repórter Mateus Montemezzo e da assessoria da Chape.