Pressionados, Palmeiras e Chape se enfrentam no Allianz Parque - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Pressionados, Palmeiras e Chape se enfrentam no Allianz Parque

.

Duelo de Verdões, válido pela 21ª rodada do Brasileirão, está marcado para as 19h

Chape e Palmeiras se enfrentaram em janeiro deste ano, na primeira partida do Verdão catarinense após a tragédia aérea da Colômbia. Duelo terminou empatado em 2 a 2 (ESPN Reprodução)


Palmeiras e Chapecoense entram em campo pressionados. Eliminado do Paulistão, Copa do Brasil e Libertadores, o time do técnico Cuca traçou uma meta para o restante da temporada: terminar o Brasileirão entre os quatro melhores colocados, o que garante uma vaga direta para a fase de grupos da Libertadores 2018. Já a Chape voltou a figurar entre os quatro últimos da Série A, onde não ingressava desde 2015. Com 22 pontos somados, o Verdão catarinense terminou o primeiro turno com 38,6% de aproveitamento. 

O Palmeiras, de Cuca

Depois de dias conturbados por causa da eliminação na Libertadores, o Palmeiras tenta iniciar arrancada no Campeonato Brasileiro. O objetivo do Verdão é ser o maior pontuador do segundo turno e, no mínimo, se manter no G-4 do torneio. Cuca testou mudanças no meio de campo. A principal novidade pode ser a escalação de Moisés ao lado de Guerra desde o início do jogo. 

A Chape, de Vinícius Eutrópio

A delegação da Chape voltou da excursão internacional com três derrotas na bagagem. Precisa voltar a somar pontos para se livrar da zona de rebaixamento. Para isso, Eutrópio tem a possibilidade de repetir a mesma escalação que enfrentou o Urawa Red Diamonds, pela Copa Suruga Bank. Todos os titulares estão à disposição da comissão técnica para iniciar a partida.

Serviço do jogo: Palmeiras x Chapecoense

Data: 20 de agosto, domingo

Horário: 19h (de Brasília)

Local: Allianz Parque, São Paulo

Provável Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Luan e Michel Bastos; Thiago Santos, Moisés e Guerra; Róger Guedes, Willian (Keno) e Deyverson.

Provável Chape: Jandrei; Apodi, Fabrício Bruno, Grolli e Reinaldo; Moisés Ribeiro, Lucas Mineiro e Luiz Antônio; Arthur Caíke, Túlio de Melo e Penilla.

Arbitragem: O árbitro principal é Dyorgines Jose Padovani de Andrade (CBF-ES), auxiliado por Fabiano da Silva Ramires (CBF-ES) e Vanderson Antonio Zanotti (CBF-ES).