Lar doce lar? Chape tem pior campanha em casa desde que subiu à Série A

Em nove jogos na Arena Condá, Verdão somou apenas 13 pontos e igualou o número de derrotas sofridas durante as 19 partidas da temporada 2014

O que poderia ser um trunfo da Chapecoense na Série A, está virando pesadelo. Mesmo com histórico favorável e uma média de 10 mil torcedores por jogo, a campanha do Verdão dentro da Arena Condá é a pior desde que o Clube subiu à Série A, em 2014.

Em 2017, no Brasileirão, o Verdão já disputou nove partidas: foram quatro vitórias, um empate e quatro derrotas. São 13 pontos somados em apenas 27 disputados. O aproveitamento total é de 48%. Se compararmos com 2014, primeiro ano que o Clube esteve na Série A, a situação piora: na época, a Chape venceu oito jogos, empatou seis e perdeu apenas quatro – mesmo número de derrotas sofridas em 2017, porém em 2014, já contando com as 19 rodadas.

Leia mais: Chape lança uniforme inédito para duelo contra o Barcelona

Até então, a pior campanha da equipe havia sido em 2015, quando o time comandado inicialmente pelo técnico Vinícius Eutrópio, e depois por Guto Ferreira, terminou a competição com nove vitórias, cinco empates e cinco derrotas. O aproveitamento na Arena Condá, naquele ano, foi de 56%. 

Além do aproveitamento, a atual Chapecoense tem a defesa mais vazada dos últimos anos. Foram 13 gols sofridos neste ano em nove jogos, média de 1,44 por jogo. Em 2014, por exemplo, o Verdão terminou a Série A com apenas 11 gols sofridos, média de 0,58 por partida. A pior marca, até então, é registrada em 2016, com média de 1,11 gol sofrido por jogo na Arena Condá.

Nesta terça-feira (1ª), após o treino realizado com portões fechados na Arena, o técnico Vinícius Eutrópio falou com a imprensa sobre os últimos resultados conquistados pela equipe em casa. “Eu posso falar dos jogos que eu assumi. Temos que voltar ao que estava sendo feito: contra o Defensa, São Paulo, Atlético-PR. Não é difícil retomar o caminho, por que já estávamos fazendo”, afirmou o treinador, já visando a partida de hoje à noite, diante do Bahia. 

Leia mais: Eutrópio confirma Reinaldo na lateral-esquerda e fala sobre viagem a Espanha

As duas equipes se enfrentam às 19h30, na Arena Condá, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Caso a Chapecoense vença o Tricolor Baiano, o aproveitamento em casa sobe para 53%, retornando ao número médio das últimas três temporadas. Este será o último jogo do Verdão em Chapecó após a viagem para a Europa. 

Números da Chape na Arena Condá (em jogos da Série A)

2014 – 8 vitórias – 7 empates – 4 derrotas = 54,3% de aproveitamento

2015 – 9 vitórias – 5 empates – 5 derrotas = 56,1% de aproveitamento

2016 – 8 vitórias – 6 empates – 5 derrotas = 52,6% de aproveitamento

2017 – 4 vitórias – 1 empate – 4 derrotas = 48,1% de aproveitamento

Derrota para os reservas do Atlético-MG por 1 a 0, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi uma das mais doloridas (Sirli Freitas)