Em noite de confusão, Chape é eliminada da Copa do Brasil - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Em noite de confusão, Chape é eliminada da Copa do Brasil

Torcedor atinge quarto árbitro com uma pilha e é apreendido por empresa de segurança privada. Jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes dos dois clubes brigam na saída aos vestiários após apito final

Chape lutou, teve as melhores chances, mas não conseguiu marcar e acabou eliminada (Sirli Freitas/Chapecoense)

Chapecoense e Cruzeiro ficaram no 0 a 0. Assim, o time catarinense, que precisava da vitória, acabou eliminado da Copa do Brasil. O 1 a 0 no jogo de ida, quando o Verdão atuou com um time misto, para economizar energias para a Libertadores, acabou definindo o placar agregado.

No fim do jogo, o clima esquentou no dentro de campo e também nas arquibancadas. Um torcedor atirou uma pilha no quarto árbitro, Evandro Bender, que acabou ferido no rosto. A Polícia Militar precisou intervir, já que a situação estava complicada também dentro do acesso aos vestiários.

Após o término da partida, já na saída aos vestiários da Arena Condá, o lateral Diogo Barbosa, do Cruzeiro, arremessou um copo de água em direção aos membros da comissão técnica da Chapecoense. Ao ver a situação, o técnico Vagner Mancini partiu para cima do atletas, esquentando a confusão.

No local também estava o Presidente da Chape, Plínio David de Nês, que também se envolveu na briga registrada em frente ao vestiário do Cruzeiro. Jogadores de ambos os times trocaram ofensas.

Por fim, a Polícia Militar acalmou a situação, tanto nos vestiários como nas arquibancadas. O homem que arremessou a pilha foi retirado da Arena Condá pelos seguranças do local.

No fim de semana, Chapecoense e Cruzeiro se enfrentam em Belo Horizonte, pela quarta rodada do Brasileirão. Vale destacar que os dois times são líderes da competição e a diferença está no saldo de gols, onde o time de Chapecó leva vantagem.