Defesa histórica de Danilo completa dois anos hoje – ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Defesa histórica de Danilo completa dois anos hoje

Empate com o San Lorenzo (ARG) levou o time de Chapecó à final da Sul-Americana 2016. Recorde o lance com a narração de Rafael Henzel

A noite do dia 23 de novembro de 2016 jamais sairá da memória dos torcedores da Chapecoense. Em um jogo histórico, o time de Chapecó segurava o poderoso San Lorenzo, da Argentina, que dois anos antes havia conquistado a Libertadores. Aos 48 minutos e 40 segundos do segundo tempo, em um cruzamento de Cauteruccio, Danilo fazia uma defesa com o pé que eternizava o seu nome na história do clube. E consequentemente, garantia o Verdão na grande decisão da Copa Sul-Americana daquele ano. A final, contra o Atlético Nacional (COL), nunca aconteceu. Mas aquele time, aquela defesa, ficaram marcadas para sempre na memória de cada torcedor verde e branco.

Escalação

Naquela noite, a Chape entrou em campo com: Danilo; Caramelo, Thiego, Neto e Dener Assunção; Josimar, Gil (Sérgio Manoel) e Cleber Santana; Tiaguinho (Lucas Gomes), Kempes (Bruno Rangel) e Ananias. O time era comandado por Caio Júnior.

Relembre os últimos minutos de jogo

A narração é de Rafael Henzel, um dos seis sobreviventes da tragédia aérea do voo da LaMia.


*Informações do repórter Mateus Montemezzo. 

Comentários do Facebook