Com sinal de alerta ligado, Chape recebe o Atlético-MG em busca da recuperação

Verdão perdeu quatro dos últimos cinco jogos e sofreu 17 gols. Mancini muda peças na equipe: pela primeira vez no ano, Fabrício Bruno e Luiz Otávio formarão a dupla de zaga

A situação não está nada tranquila para as duas equipes na Série A. A Chapecoense vive uma fase irregular. Depois da derrota por 5 a 1 diante do Flamengo, a semana foi agitada no CT da Água Amarela. Em entrevista coletiva na última sexta-feira (23), o diretor-executivo Rui Costa blindou o elenco e afirmou que está monitorando o mercado em busca de contratações. Já o Atlético-MG começou o domingo entre os quatro últimos da competição. O empate amargo contra o Sport, em 2 a 2, no Independência, aumentou a desconfiança dos torcedores em relação ao trabalho realizado pelo técnico Roger Machado. Priorizando a Copa do Brasil, o Galo vem à Chapecó com o time reserva. Apenas o volante Rafael Carioca é considerado titular. Mesmo assim, a pressão pela recuperação da equipe é grande. Uma derrota pode complicar ainda mais a vida de Roger na temporada. 

Chapecoense, de Vagner Mancini

A Chapecoense terá três alterações em relação ao último jogo, contra o Flamengo. Pela primeira vez em 2017, Luiz Otávio e Fabrício Bruno formarão a dupla de zaga titular. Com isso, Douglas Grolli volta ao banco de reservas. Já Victor Ramos, diagnosticado com um estiramento leve na posterior da coxa direita, foi barrado pelo departamento médico. No meio-campo, o venezuelano Seijas será reserva pela primeira vez desde que chegou ao Verdão. O volante Lucas Mineiro, de 21 anos, irá estrear como titular na temporada. Mancini volta a utilizar o esquema com três volantes de origem, liberando Luiz Antônio para armar as jogadas no setor ofensivo. 

Atlético-MG, de Roger Machado

Mesmo em situação perigosa no Brasileirão, o Atlético-MG viajou para Chapecó com o time reserva. De olho no jogo da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira (28), contra o Botafogo, no clássico contra o Cruzeiro pelo Brasileirão e nas oitavas de final da Libertadores, Roger Machado terá apenas o volante Rafael Carioca dos jogadores titulares em Chapecó. A equipe realizou um treinamento na tarde de ontem (24), no CT da Água Amarela. A novidade é a presença do zagueiro Matheus Mancini, filho do técnico Vagner Mancini, entre os titulares. Destaque também para o meio-campo ofensivo da equipe, formado por Marlone, Valdívia, Otero e Rafael Moura. 

Serviço de jogo: Chapecoense x Atlético-MG

Competição: 10ª rodada do Brasileirão Série A.

Quando: Domingo, 25 de junho. 

Horário: 19h (de Brasília).

Local: Arena Condá, Chapecó.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Fabrício Bruno e Reinaldo; Andrei Girotto, Lucas Mineiro e Luiz Antônio; Rossi, Wellington Paulista e Arthur Caíke. 

Atlético-MG: Giovanni; Yago, Rodrigão, Matheus Mancini e Leonan; Roger Bernardo, Rafael Carioca, Marlone, Valdívia e Otero; Rafael Moura. Técnico: Roger Machado

Arbitragem: O árbitro principal é João Batista de Arruda (CBF/RJ), auxiliado por Luiz Cláudio Regazone (CBF/RJ) e Eduardo de Souza Couto (CBF/RJ). Os árbitros adicionais são: Gabriel Conti Viana (CBF/RJ) e Bruno Arleu de Araújo (CBF/RJ). 

Transmissão: A Rádio Oeste Capital 93,3 FM estará no ar a partir das 18h30 com informações do confronto. Já o Portal Clic RDC acompanha os principais lances através da Fan Page no Facebook.

Luiz Otávio volta a ser titular contra o Galo (Sirli Freitas)