Bocha de Chapecó mira título da Taça Brasil

Essa é a competição mais difícil do país e com uma concorrência bastante forte.

Em busca da tríplice coroa e embalado pela conquista dos Jogos Abertos de Santa Catarina – JASC – a Bocha de Chapecó se prepara para a Taça Brasil da modalidade. Essa é a competição mais difícil do país e com uma concorrência bastante forte. O evento será de 11 a 14 de outubro nas cidades catarinenses de Braço do Norte e São Ludgero.

Na próxima semana, antes da viagem a equipe começa a treinar forte no Clube Bertaso em Chapecó sob o olhar do técnico Caçulinha, buscando melhorar o desempenho já que a competição exige quase a perfeição para se chegar ao título. “É a mais difícil de todas e muitas equipes podem chegar”, destaca Caçulinha.

Porém ele lembra que a equipe vem de um grande desempenho nos Jogos Abertos quando bateu o time da casa, Caçador, o favorito e ficou com o título. Além disso, o time também conquistou a Taça Ouro, a maior competição promovida pela Federação Catarinense de Bocha.

A Taça Brasil vai reunir 24 equipes, sendo oito vindas da seletiva, igual número do ranking e mais oito campeões estaduais. Como Campeão Estadual, Chapecó já está na TB do ano que vem. Rio Grande do Sul é o estado com mais representantes e depois Santa Catarina.

O time de Chapecó não vai poder contar com o atleta Gersinho em face de prazo de inscrições. “É um atleta competitivo e fará falta para a nossa equipe”, disse Caçulinha. No entanto pondera que o time irá forte para a competição onde levará Nei, Luciano, Gugu, Garcia e Claudinho.