OUÇA AO VIVO

Início Equipe Nota 10 A viagem sem destino que trouxe o ouro para o Brasil, Olímpiadas...

A viagem sem destino que trouxe o ouro para o Brasil, Olímpiadas de Moscou 1980

Da série: 129 medalhas, 129 histórias Olímpicas

|

Pôster das Olímpiadas de Moscou 1980

Os atletas brasileiros Lars Bjorkstrom e Alexandre Welter conquistaram o ouro para o Brasil na classe Tornado de Vela nas Olímpiadas de Moscou 1980.

Neste ano as Olímpiadas, foram fortemente marcadas pela Guerra Fria, boicote americano e de países simpatizantes. A Dinamarca seguiu parcialmente o boicote, participou com os atletas mas não com a bandeira, e na prova Tornado de Vela, conquistou a prata.

Lars nasceu na Suécia e Alexandre no Brasil, com pai alemão e mãe australiana. Lars quando tinha 17 anos, fez uma viajem de motocicleta pela américa inteira, saindo da Califórnia e chegando ao Brasil, entrando por Foz do Iguaçu e vivendo maior parte do tempo em São Paulo, a partir daí, não quis mais sair do Brasil. Lars velejava desde os 12 anos, e conseguiu trazer seu barco para o Brasil, por um amigo engenheiro que estava de mudança para o país. Quando a embarcação chegou no Brasil, os olhos de Lars brilharam e de Alexandre também, pois já sonhava com o barco tornado, entretanto, a importação era muito cara. Rapidamente quis saber quem era o dono, deixou um bilhete para Lars se apresentando e neste momento, foi onde dois sonhos se cruzaram e trouxeram o ouro para o Brasil.

Brasil conquistou o ouro, Dinamarca a prata e Suécia o Bronze.

Faltam 109 dias para as Olímpiadas de Tóquio 2020/2021.


Foto: Arquivo pessoal de Alex Welter

Créditos finais tt: @brasilemtoquio

122,811FansLike
41,652FollowersFollow
61,413FollowersFollow
3,090SubscribersSubscribe