Cesta básica está mais barata em Chapecó, aponta pesquisa - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Cesta básica está mais barata em Chapecó, aponta pesquisa

A maior redução de presto foi constatada na batata inglesa, que teve redução de 48,17%; leite teve o maior aumento, com uma variação de 9,99%.

(Divulgação) 


Todos os meses, o curso de Ciências Econômicas da Unochapecó, em aprceria com o Sindicato do Comércio (SICOM), realizam um levantamento de preços e valor da cesta básica em Chapecó. No total, 57 mercadorias compõem o levantamento. Dentre os produtos estão limentos in natura, semi i ndustrializados, industrializados, produtos de higiene e limpeza, além de serviços tarifados, como por exemplo, água, energia elétrica e gás.

A pesquisa indicou neste mês, que em julho o valor da cesta básica caiu 1,74% em comapração com o mês de junho. A coleta foi realizada entre os dias 3 e 5 de julho. De acordo com a pesquisa, o cosumidor chapecoense precisa de 1,36 salários mínimos para adquirir a cesta básica neste mês.

Apesar da redução na comparação entre os dois meses, ao se analisar os meses de julho, tanto em 2016 quanto em 2017, é possível perceber uma redução de 2,06%. Ao se comparar o preço do grupo de produtos alimentares entre o mês de julho e junho de 2017, nota-se uma redução de 2,58%. O custo total apontado para este grupo, neste mês, foi de R$ 909,77. Na relação julho de 2017 e julho de 2016, houve uma redução de 5,48%.

A queda na variação mensal no grupo de produtos alimentares ocorreu, principalmente, devido à variação no preço dos produtos do subgrupo denominado in natura (-9,88%) e dos produtos industrializados (-1,34%). Já para os produtos semi-industrializados, ocorreu um aumento de 1,32 pontos percentuais.

 

 

*Com informações da Unochapecó