Caixa faz novo mutirão para negociar dívidas atrasadas no Oeste

Banco oferece taxas de juros menores na renegociação e descontos na liquidação de dívidas com atraso superior a 60 dias

A Caixa Econômica Federal realizará nos dias 22 e 23 de novembro, na região Oeste de Santa Catarina, mutirão de negociação de dívidas atrasadas há mais de 60 dias de pessoas físicas e empresas. Os devedores poderão regularizar sua situação junto à CAIXA, que oferece condições especiais como: entrada facilitada, elasticidade no prazo, redução de taxas de juros e possibilidade de desconto no valor da dívida. As condições valem para contratos da área comercial e habitacional.Em Chapecó o atendimento especial será entre as 10h e 16h, na Superintendência Regional da CAIXA, localizada à Rua Sete de Setembro, 91–D – 1º andar – Centro – Chapecó/SC. Os clientes podem agendar previamente seu horário de atendimento através do telefone (49) 2049-8750. Nas demais localidades, os clientes interessados podem procurar sua agência no horário habitual de funcionamento.

Condições especiais – Aproximadamente cinco mil clientes podem se beneficiar destas condições especiais de renegociação. A maioria tem contratos de empréstimo pessoal, financiamento e crédito empresarial com alguma prestação pendente de pagamento. A situação pode ser regularizada com pagamento à vista com desconto ou parcelamento do saldo devedor com prazo maior e taxa de juros diferenciada.

Taxas de juros menores – Recentemente a CAIXA anunciou a redução de meio ponto percentual na taxa de juros para renegociação de débitos. A nova taxa varia de acordo com o prazo e do tipo de crédito a ser renegociado. Segundo a superintendente regional da CAIXA, Maria Claudia Sakai, além da renegociação dos contratos em vencidos, “os clientes também podem quitar seus débitos com descontos atrativos, através da campanha Quita Fácil, que chega a sua reta final”, enfatiza. “A ação visa facilitar a regularização de dívidas de pessoas físicas e de empresas que estejam em atraso e desta forma possam sair dos cadastros restritivos e voltar a ter crédito na praça”, explica. Enquadram-se também contratos habitacionais, com possibilidade de incorporação do saldo devedor e utilização do Fundo de Garantia. Nos casos de crédito comercial, os descontos podem chegar até 90% do valor da dívida atualizada e o pagamento, em parcela única, programado de acordo com a necessidade do cliente. “Toda e qualquer proposta que o cliente fizer, será analisada por nossos empregados, que estão treinados e preparados para dar o melhor atendimento”, enfatiza.