ANP quer saber por que distribuidoras não repassaram ao consumidor queda no preço da gasolina

Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis deu um prazo de 15 dias para as distribuidoras de combustíveis explicarem por que a redução de preço da gasolina, pela Petrobras, não chegou ao consumidor

As distribuidoras de combustíveis terão 15 dias para explicarem à Agência Nacional do Petróleo (ANP) por que a redução de preço da gasolina, pela Petrobras, não chegou ao consumidor. A ANP informou que o pedido atende à atribuição legal de zelar pela proteção do consumidor quanto a preços, qualidade e oferta de produtos.

Uma pesquisa de preços divulgada pela agência mostrou que o preço da gasolina C havia reduzido de uma média de R$ 2,13 para R$ 1,67 em setembro. Mas, desse valor, só quatro centavos de desconto foram repassados ao consumidor final.

O último levantamento, divulgado esta semana, mostra que embora o preço da gasolina tenha reduzido em média 51 centavos nos últimos dois meses, só metade do desconto foi repassado pelas distribuidoras. Para o consumidor, sobraram 10 centavos a menos no litro da gasolina.

*Informações Diário Catarinense