Políticas de atendimento à criança e ao adolescente são discutidas em Chapecó - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Políticas de atendimento à criança e ao adolescente são discutidas em Chapecó

A XI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente teve o tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento as Violências”

Aconteceu nesta terça-feira (13), no Centro de Cultura e Eventos Plinio Arlindo De Nes, em Chapecó, a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Realizada a cada três anos, o tema central da XI edição do evento foi: “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento as Violências”. Participaram crianças e adolescentes, Conselheiros Municipais de Direitos e Setoriais, Conselheiros Tutelares, representantes de órgãos públicos, entidades, movimentos sociais, universidades, fóruns de direitos, do Sistema de Justiça, profissionais das políticas setoriais e da rede de atendimento.

Foto: Prefeitura Municipal de Chapecó

Foram discutidos os seguintes Eixos Temáticos: “Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social”, “Prevenção e Enfrentamento da Violência Contra Crianças e Adolescentes”, “Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes”, “Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes”, “Espaços de Gestão e Controle social das políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos direitos da Criança e do Adolescente”.

A programação iniciou às 8h com credenciamento, café, abertura oficial e apresentação cultural dos alunos do Programa Verde Vida. Após a leitura e aprovação do Regimento Interno, a Secretária de Assistência Social, Ulda Baldissera fez uma explanação sobre as ações de atendimento à criança e ao adolescente em Chapecó.

Durante a abertura oficial, o prefeito Luciano Buligon destacou a certeza de que ao final da Conferência serão apontadas políticas públicas que servirão para orientar as próximas ações de atendimento as crianças e aos adolescentes. “Reforço que as políticas públicas aqui debatidas e amadurecidas serão, na medida do orçamento e das possibilidades financeiras do Município, colocadas em prática”, sinalizou.

Foto: Prefeitura Municipal de Chapecó

A palestra sobre o tema central da Conferência “Proteção Integral, Diversidade e o Enfrentamento da Violência” foi proferida pela pedagoga, especialista na área da criança e do adolescente, Alda Detofol. Ela atuou como conselheira tutelar e conselheira de direitos da criança e do adolescente e atualmente presta assessoria e consultoria nesta área.

Alda destaca que “numa perspectiva de atender todas as crianças e adolescentes, independentemente de suas diferenças, é preciso pensar a proteção integral, dar condições para que as crianças e adolescentes cheguem a vida adulta com formação profissional, preparados para formar sua família, se assim desejarem, e terem uma vida livre da violência”. Fala.

Com relação aos temas paralelos, Alda citou a questão do orçamento, onde buscar recursos, como e no que investir. “E também falamos sobre o papel e a estrutura dos conselhos tutelar e dos direitos da criança e do adolescente e, enfim, sobre as melhorias que os integrantes da Conferência entendem que há necessidade de fazer”, concluiu.

Após o período de debates e discussões em grupos aconteceu a Plenária final e a eleição dos delegados. Dentre as propostas e moções levantadas foram definidas 15 prioridades de Chapecó que serão levadas para discussão nas Conferências Estadual e Nacional que ocorrerão no próximo ano.

Foto: Prefeitura Municipal de Chapecó