Julgamento de Aristide Fidélis iniciou nesta manhã em Chapecó - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Julgamento de Aristide Fidélis iniciou nesta manhã em Chapecó

Vídeo: Confira o que diz uma das vítimas envolvidas no acidente. Também o que o Juiz comenta sobre o caso

Foto: Diego Antunes/ Clic RDC

Com informações do TJSC

ATUALIZAÇÃO 12H04

No final da manhã, por volta das 11h40, o vereador Aristide Fidelis começou a ser ouvido. Ele disse:

  • que tomou um medicamento para glicemia antes do almoço;
  • que no dia dos fatos, não almoçou e saiu da festa em direção ao contorno viário;
  • que desviou de um caminhão e não se recorda do que aconteceu;
  • que mesmo com fraturas, não foi diagnosticado por nenhum médico até que no presídio passou mal e descobriu que estava com uma costela fraturada;
  • reclamou de negligência do governo do estado por não terem diagnosticado seu problema

O julgamento do presidente da Câmara de Vereadores de Chapecó, Aristide Fidélis, iniciou na manhã desta sexta-feira (12),  no Fórum do município. No decorrer do dia, serão ouvidas 20 testemunhas. O júri é presidido pelo juiz da 1ª Vara Criminal da comarca de Chapecó, Jeferson Vieira. O vereador responde por tentativa de homicídio contra sete pessoas e por embriaguez ao volante. Ele colidiu com dois veículos, em maio de 2014. Uma jovem ficou gravemente ferida.

O parlamentar ainda responderia por fugir do local do acidente, mas o advogado de defesa recorreu e a alteração foi deferida pelo Tribunal de Justiça que reconheceu ser inconstitucional esse delito. No júri,  o promotor de Justiça Cyro Luiz Guerreiro Junior atuará na acusação. Os advogados de defesa são Gilson Roberto Thomé Vieira, Arthur Fernando Losekann, Nilton João de Macedo Machado e Guilherme Stinghen Gottardi.

O julgamento é acompanhado por muitas pessoas, entre familiares de todos os envolvidos e também estudantes do curso de Direito. Nessas primeiras horas serão ouvidas as testemunhas. Os primeiros a darem o depoimento foram: o condutor que estava no segundo carro atingido pelo vereador e a a esposa dele. A mulher inclusive ao falar sobre o fato ficou bastante emocionada.

Relembre

O acidente aconteceu no Contorno Viário Oeste, na altura do bairro Santo Antônio, em Chapecó. Segundo testemunhas, Fidélis estava na contramão quando atingiu a lateral do primeiro carro, em que estavam um casal e um menino de quatro anos. A mulher estava grávida de sete meses. O vereador continuou trafegando em alta velocidade na pista contrária e bateu de frente com outro veículo. No carro estavam um casal e os dois filhos – um menino com nove anos e uma adolescente com 13 anos. A jovem teve ferimentos mais graves e traumatismo craniano. Todos os envolvidos foram atendidos por equipes de socorro e se recuperaram.

Após as colisões, segundo o que apurou a investigação, o vereador fugiu do local e pediu para se esconder na casa de uma família moradora do bairro. Os policiais o encontraram no banheiro da residência com forte cheiro de bebida alcóolica, desordem nas vestes, olhos vermelhos e bastante eufórico. O teste do bafômetro apontou a embriaguez. Ele foi preso em flagrante e ficou no Presídio Regional de Chapecó por 33 dias. Após o deferimento de “habeas corpus” pelo Tribunal de Justiça, pagou fiança e foi liberado.

Justiça

Marcos Antonio Nunes, vítima que dirigia o segundo carro que foi atingido pelo Vereador, aponta que espera justiça no dia de hoje.

Confira o vídeo:


O Juiz que preside o julgamento, Jeferson Vieira, comenta sobre o andamento da audiência.

Confira: